"Seguindo os seus passos aonde quer que vá..."

[Especial] Os 4 anos da noite em que o Brasil, invadiu Nova York.

"In New York concrete jungle where dreams are made of there's nothing you can't do"


A exatamente quatro anos atrás, uma cantora marcava um capítulo da história da música Brasileira no mundo, deixando marcado a nossa música, em nossa história, levando a alegria do povo Brasileiro ao mundo.

Três meses antes os ingressos já haviam se esgotados.

No dia 04 de Setembro de 2010 a maior casa de espetáculos do mundo, onde já se apresentam artistas consagrados como Madonna, Beyoncé, Elton John, estava completamente tomada de verde e amarelo. Uma enorme empena brilhava em frente ao The Garden e anunciava para todo o mundo "Ivete Sangalo, A Brazilian Star" era a sensação.

Uma grande expectativa tomava conta de todos naquele 4 de Setembro. Fãs no Brasil e os que lotavam a arena, esperam pelo brilho de Ivete.  Foi aí que  entra no palco, e só dá mais uma prova do motivo de fazer tanto sucesso. Com um repertório pra lá de animado, uma superprodução e muito TALENTO, a música brasileira era apresentada ao mundo.

Ao som de "Brasileiro" Ivete entra no palco triunfalmente e junto a multidão, uma só voz ecoa em Nova York " Eeeeu sou brasileiro índio, mulato, branco e preto eu vou vivendo assim..." Com a voz embargada e contendo a emoção ela grita: “ EU SOU O BRASIL NO MUNDO”.



Ela contém a emoção e continua ao som de Acelaraê, que parecia mais um hino, mais um grito que ecoava em Nova York: " Aceleraê o coração, hoje é dia de Ivete" era o dia de Ivete, era o dia do Brasil em solo americano.


Mudando de figurino com uma pegada mais latina, Ivete se apresenta com Juanes, cantando 'Dar-te' e  levando o público ao delírio.

Na terceira troca ela entra homenageando Michael Jackson, apresentando um de seus clássicos, Human Nature, fazendo jus a música: “If this town is just an Apple, then let me take a bite”. Ivete realmente MORDEU A MAÇÃ!

Se apresentando depois com uma figura que também é a cara do Brasil, Seu Jorge e com a cantora canadense Nelly Furtado.

Porém a parte mais emocionante do show estava por vir, Ivete começa a cantar “ Me Abraça e Me beija” a música que foi gravada ainda na Banda Eva e uma das consagradoras de sua carreira, Ivete começa, mas não termina, levada pela intensidade do momento, totalmente emocionada ela cai no choro levando o público a emoção. Totalmente ovacionada pela platéia que também emocionada e em um só coro gritava: “Ivete, Ivete, Ivete” ainda com a voz embargada Ivete agradece a todos os fãs e amigos.

O Madison Square Garden se tornava pequeno em meio a tanto amor. Depois de cantar o medley de músicas mais antigas, que ficou conhecido como Medley dos fãs, ela joga os seus sapatos e corre ao encontro da multidão, como se quisesse abraçar a todos de uma só vez com mais um medley das antigas.


Enquanto ela trocava de roupa um pano com uma projeção enorme se estende no centro do palco ao embalo da música “Meu Maior Presente”, logo depois uma caixa de presente enorme vai descendo aos poucos até tocar o palco.

A caixa sobe e no lugar, surge Ivete sentada em um piano de calds, tocando e cantando a música "Easy", de Lionel Richie, que embalou tantas noites apaixonadas e levando mais uma vez a platéia ao delírio e a emoção.  Todos a observam atônitos, atentos, sem pestanejar. Logo depois Ivete se apresenta com mais um convidado. O argentino Diego Torres, cantando 'Agora eu já sei'



A cantora mais uma vez troca de figurino e volta com seus maiores sucessos, Berimbau Metalizado, Festa e Sorte Grande, encerrando o espetáculo ao som de Na Base do Beijo, Ivete se despede da multidão e sai voando em balões.

Mas não acabou aí, o público pede BIS, e o que não estava previsto acontece, Ivete pede que não saiam que ela vai voltar, e enquanto a esperam grita em uma só voz, totalmente extasiados: “Eu sou brasileiro com muito orgulho, com muito amor”


Ivete volta e chama seus amigos, cantores baianos que estavam presentes e toda sua equipe ao palco e faz do palco do The Garden um Trio Elétrico, e do show um verdadeiro carnaval. Cantando hits brasileiros do nosso carnaval, Ivete encerrou com as músicas “Prefixo de verão e Baianidade nagô”.

Foi uma noite memorável, não só para Ivete Sangalo, mas para a música brasileira como um todo. Era a nossa estrela se consagrando no mundo.

Era realmente “O BRASIL NO MUNDO”.

“Em Nova York, selva de pedra onde sonhos são realizados, não há nada que você não possa fazer”

ESTAMOS EM MUDANÇA DE SERVIDOR. NOVAS NOTÍCIAS E NOVIDADES SOBRE IVETE SANGALO ESTÃO SENDO POSTADAS DIRETAMENTE EM NOSSO FACEBOOK. CURTA NOSSA FANPAGE NA BARRA AO LADO.

Ivete Sangalo faz show no Rio antes da final do 'Superstar'


Ivete Sangalo aterrissou no Rio de Janeiro na tarde deste domingo, 6, para dois compromissos importantíssimos. Antes da final do programa "Super Star" a cantora baiana fez um show na Marina da Glória, na Zona Sul carioca.

Em entrevista ao EGO, Ivete falou sobre a emoção de cantar na final da Copa do Mundo: "Digo que não é uma responsabilidade, é um prazer. Rezo o Pai Nosso, uma Ave Maria, fico muito nervosa. Mão suando. É muita emoção."

Ivete comentou ainda sobre a apresentação da noite ao lado de bandas que participaram do programa "Super Star", a Bicho de pé e Move Over: "São bandas já consagradas, na verdade o que eu busquei hoje foi trazê-los para ouvir um pouco dos dois. Fazer show no Rio é sempre uma delícia. Estou sempre rodeada de amigos queridos, qualquer pessoa quer vir para o Rio de Janeiro, fazendo show, sem fazer show. Ainda mais cercada de amigos. O carinho desse lugar, as pessoas. Eu sou suspeita para a falar do Rio", disse.

Ivete conta planos para as telonas e revela se marido libera beijo técnico

Ivete Sangalo revela planos para atuar no cinema em breve (Foto: Dafne Bastos/TV Globo)

Multifacetada, Ivete Sangalo não expressa seus talentos apenas em cima dos palcos. A cantora já apresentou programas, interpretou papéis em seriados e novelas e dublou uma animação. Nos bastidores do SuperStar, a jurada garante ter planos de atuar na sétima arte: "Eu recebi algumas propostas para o cinema e para a televisão. Eu tenho muita vontade de fazer cinema e logo, logo vou estar nas telonas". No vídeo abaixo, Ivete fala sobre esses planos de atuação e revela se o marido libera cena com beijo!



A baiana também diz ter vontade de interpretar um papel mais dramático. “Eu sou uma mulher do humor. Mas meu humor é muito espontâneo. É preciso ser um bom ator para tirar gargalhada do público. Nas minhas tentativas como atriz, eu acho que um 'dramão' seria uma ótima opção. Ainda mais porque é uma realidade que eu não vivo. Seria um desafio ainda maior”, completa.

No Altas Horas, Ivete contou que não estava totalmente liberada pelo marido, Daniel Cady, para fazer cena de beijo durante Gabriela. "Meu marido disse que podia tudo, só não podia beijar, mas eu disse que era tudo técnico", brincou.


Maria Machadão - Ivete (Foto: Vídeo Show / TV Globo)


Fifa confirma Ivete Sangalo, Shakira, Alexandre Pires e muito mais na final da Copa do Mundo


A final da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 será precedida por um espetáculo musical extraordinário, e o time de grandes artistas escalados para a cerimônia de encerramento acaba de ser anunciado. Santana, Wyclef e Alexandre Pires subirão ao palco do Maracanã às 15h20 do dia 13 de julho para agitar o público com a música "Dar Um Jeito", hino oficial do Brasil 2014, enquanto Shakira marcará presença em sua terceira Copa do Mundo da FIFA consecutiva, cantando "La la la (Brazil 2014)" ao lado de Carlinhos Brown.

Estrela da música brasileira, Ivete Sangalo dará um tempero local ao espetáculo, apresentando um pot-pourri de famosas canções nacionais, com participação especial de Alexandre Pires.

"Estou emocionada de poder cantar minha música La la la (Brazil 2014) na cerimônia de encerramento da Copa do Mundo da FIFA", disse Shakira. "Tenho uma profunda relação com o futebol, por motivos óbvios, e entendo perfeitamente o que a Copa do Mundo significa para muitas pessoas, inclusive para mim. Sou muito grata pela oportunidade de me apresentar na cerimônia de encerramento da Copa do Mundo deste ano, no Brasil. Os torcedores abraçaram essa música de forma incrível. Mal vejo a hora de cantá-la para eles."

Os torcedores que comparecerem à final no Rio do Janeiro e todos aqueles que estiverem assistindo pela televisão poderão curtir também o samba do GRES Acadêmicos do Grande Rio, numa homenagem à cidade-sede da decisão. A apresentação ao ritmo da bateria da escola será a maneira perfeita de fechar este mês de puro futebol no Brasil e de empolgar o público para a grande final da Copa do Mundo da FIFA.

Fonte: Site Oficial da Fifa